Petronas lança linha de fluidos para carros elétricos

A Petronas anuncia sua entrada no mercado de veículos elétricos (EV) com nova linha de ‘e-lubrificantes’ para veículos leves, o Petronas iona. Lançado no Salão do Automóvel de Genebra de 2019, a linha abrange o fluido para baterias “Petronas iona Termal”; “Petronas iona Integra” para o controle de fricção da transmissão e eixos, e o “Petronas iona Glide”, com graxas para rolamento. No evento a empresa também apresentou a nova linha Petronas Syntium com tecnologia CoolTech, que agora conta com produtos específicos para carros híbridos; uma nova linha de fluidos de transmissão, o Petronas Tutela; assim como o ETRO+, um grupo de óleos base III+.




Petronas apresenta nova linha de lubrificantes



A Petronas lança no segundo semestre de 2019 a nova linha Syntium com tecnologia CoolTech. Segundo a empresa, a linha inclui o primeiro lubrificante para carros híbridos A linha Syntium também foi reformulada incluindo os itens Syntium 7000, Syntium 3000, Syntium 800 e Syntium 500.

O Petronas Syntium com tecnologia CoolTech é formulado com moléculas e cadeias mais resistentes para proteger o motor contra seu aquecimento excessivo. As novidades foram apresentadas pela primeira vez no Centro Global de Pesquisa e Tecnologia, na Itália, na presença de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, pilotos da Mercedes-AMG Petronas Motorsport.

“Tecnologia é o coração do nosso negócio e o que nos diferencia dos outros no mercado. Nós estamos orgulhosos de apresentar a nova linha com tecnologia CoolTech e Syntium 7000 Ultimate Series. A introdução deste novo lubrificante para motores híbridos também marca a nossa entrada neste segmento, que é um resultado de uma união de forças tecnológicas e do compromisso em criar produtos que ajudem a reduzir as emissões de CO2”, comentou o Managing Director e CEO da Petronas, Giuseppe D’Arrigo.




Petronas lança linha Tutela de óleos para câmbios de leves e pesados



A Petronas apresentou a linha de óleos para caixas de câmbio Tutela com 31 aplicações para veículos leves e pesados, equipamentos agrícolas e industriais. A fabricante informa que, enquanto alguns lubrificantes da linha passaram por transição de nome, outros são novos e abrangem mais fabricantes originais de câmbios, como por exemplo, aplicações para a MAN, General Motors, Ford, ZF, Voith, Mercedes-Benz, Allison Transmission e Volvo.

Na primeira leva de lançamentos, serão 23 produtos. Dentre eles, seis são totalmente novos no Brasil e chegam a partir de dezembro deste ano e janeiro de 2019. A Petronas almeja comercializar em torno de 320 mil litros de lubrificantes Tutela nos próximos anos.

De acordo com a empresa, a nova linha Tutela foi desenvolvida e testada no Centro de Pesquisa e Tecnologia Global da Petronas em Turim, na Itália, em parceria com as montadoras e fabricantes de transmissões. Parte do desenvolvimento dos óleos de transmissão, assim como os outros fluidos fabricados pela Petronas, é feito na Fórmula 1 através da parceria técnica com a equipe Mercedes, atual tetracampeã consecutiva de construtores da categoria.

Em coletiva promovida pela Petronas em São Paulo/SP nesta quarta-feira, 8/11, o inglês pentacampeão mundial Lewis Hamilton revelou que os fluidos fornecidos pela marca são analisados “in loco” durante os finais de semana de corrida. “Existe um pequeno laboratório nos boxes que analisa as condições dos lubrificantes que são coletados dos carros após cada sessão de treino”, contou o piloto da equipe Mercedes.

Essas informações são repassadas para o time de engenheiros da Petronas nos centros técnicos e auxilia a desenvolver produtos que atuem melhor sob estresse máximo. Lewis Hamilton apontou como é importante a função dos lubrificantes dentro da regra da F1, que permite o uso de apenas 3 motores e 3 caixas de câmbio por temporada, e que fluidos melhores também permitem ganhos consideráveis na própria concepção do carro. “Por exemplo, um líquido de arrefecimento mais eficiente permite que a aerodinâmica do carro seja mais justa, com uma entrada de ar menor nas laterais”, apontou Hamilton.

“Heróis invisíveis”
A Petronas direciona a campanha de marketing da nova linha Tutela para exaltar o que a empresa chama de “heróis invisíveis” do veículo: sistemas que influenciam diretamente desempenho do veículo, mas que são ignorados pelos proprietários de veículos, tais como transmissão, freios, arrefecimento, rolamentos e sistemas hidráulicos.

“Um veículo possui diversos sistemas vitais, que são essenciais para o desempenho e normalmente acabam menosprezados pelos motoristas”, declarou o CEO da Petronas Lubricants International, Giuseppe D’Arrigo. “A Petronas é o único fabricante que oferece uma proteção tão direcionada e eficiente para esses sistemas. Isso porque quando se trata da performance de um veículo, cada sistema é importante Quando se trata da performance de um veículo, cada sistema é importante”, afirmou D’Arrigo.




Petronas inaugura Centro de Pesquisa e Tecnologia para lubrificantes em Contagem/MG



A Petronas celebrou nesta quarta-feira (12/09) a inauguração de seu novo Centro de Excelência em Pesquisa e Tecnologia no Brasil. A obra custou 8 milhões de dólares (cerca de R$ 32 milhões em conversão atual) e foi planejada para ser referência mundial dentro do grupo no desenvolvimento de lubrificantes e graxas industriais. A nova unidade serve como centro de especialização técnica, atendimento ao cliente, gerenciamento de produtos e controle de qualidade também para clientes do setor automobilístico.

O Centro de Pesquisa e Tecnologia está localizado dentro na fábrica de lubrificantes da empresa malaia em Contagem/MG, em uma área de mais de 2.400 m², e inclui laboratório acreditado dentro da norma ISO 17025. Segundo a empresa, a equipe de 30 químicos, engenheiros e técnicos está capacitada para executar aproximadamente 105 testes diferentes da ASTM (American Society for Testing and Materiais).



A unidade mineira se junta à rede de centros de pesquisa especializados em lubrificantes da Petronas, cujo núcleo global está em Turim, na Itália, e inclui instalações na China, Malásia, África do Sul e América do Norte. “Para a Petronas Lubricants International, o novo Centro de Pesquisa e Tecnologia na América Latina simboliza nosso compromisso e crença no poder da tecnologia para ajudar as indústrias a serem bem-sucedidas no futuro”, disse o CEO da Petronas Lubricants International, Giuseppe D’Arrigo.

No Brasil, a Petronas comercializa os produtos com as submarcas Syntium (lubrificantes para automóveis leves), Urania (veículos pesados), Sprinta (para motocicletas), Tutela (óleo de transmissão), Paraflu (líquido de arrefecimento), além de lubrificantes e graxas industriais.

Segundo números da empresa, nos últimos seis anos, a Petronas avançou da sétima para a quarta posição entre os principais fabricantes de lubrificantes no Brasil. “Acreditamos nas ambições de crescimento do Brasil e estamos comprometidos com a nossa meta em atender às exigências do mercado da maior economia da região”, disse o presidente da Petronas Lubricants International para as Américas, Guilherme De Paula.




Petronas é premiada como melhor fornecedora da GKN Driveline Brasil



A Petronas recebeu o Certificado de Excelência da GKN Driveline Brasil. A cerimônia aconteceu durante um workshop em agosto na cidade de Porto Alegre/RS e premiou a petroleira, que se destacou entre 27 concorrentes. A GKN Driveline Brasil trabalha com sistemas e soluções de transmissão automotiva e tem parceria com a Petronas, que é fornecedora de graxa há mais de 44 anos.

Segundo a Petronas, fatores como segurança e requisitos do produto, qualidade, melhoria contínua, cumprimento da norma IATF 16949 ajudaram a levar para casa o prêmio de melhor fornecedor no aspecto logístico em relação aos serviços e produtos entregues em 2017.




Petronas lança lubrificante Urania com tecnologia ViscGuard



A Petronas lança o lubrificante Urania com tecnologia ViscGuard para motores diesel de veículos pesados. A tecnologia, explica a fabricante, atua para dispersar a formação de resíduos, além de manter a viscosidade do lubrificante estável para uma maior vida útil do motor. A empresa afirma que, em comparação com os lubrificantes convencionais, o Petronas Urania com tecnologia ViscGuard, em testes, foi até 89% melhor na manutenção ideal da viscosidade ideal de lubrificante, mesmo sob condições elevadas de fuligem. Ele ainda teve um resultado melhor na eficiência do controle do acúmulo de carbono.




Petronas recebe certificação do Inmetro para análises de lubrificantes

626-PETRONAS-SYNTIUM-COM-TE
A Petronas Lubrificantes Brasil recebeu do Inmetro o Certificado de Acreditação em fluidos para Ensaios físico-químicos, graxas e óleos lubrificantes. Confirme afirma empresa, a acreditação (conforme a NBR ISO/IEC 17025:2005) foi concedida após o Inmetro realizar uma avaliação criteriosa, considerando requisitos técnicos relacionado com a capacitação da equipe, realização dos ensaios, estrutura do laboratório, manutenção e calibração de equipamentos utilizados nos processos de análises.
Segundo a Petronas, a unidade brasileira de lubrificantes é a primeira do grupo a conquistar esse certificado e, também, a primeira produtora de lubrificantes do mercado brasileiro com reconhecida pelo Inmetro nesse aspecto. Com isso, eleva seu grau de competência na prestação de serviços de análises em fluidos, graxas e óleos lubrificantes, através da gama de ensaios presentes no escopo de sua acreditação.