Magneti Marelli e Calsonic Kansei se unem e formam nova marca Marelli



A Magneti Marelli e a Calsonic Kansei se unem e assumem uma nova marca mundial, a Marelli. A Marelli opera 170 instalações e centros de P&D na Europa, América do Norte, América do Sul e Ásia-Pacífico. A CEO da Marelli, Beda Bolzenius, comenta. “Este é um momento crucial na evolução da nossa empresa. A nova marca é baseada na ideia de “Powering Progress Together”, que reflete nosso foco em ajudar nossos clientes a navegar com confiança e obter sucesso em um setor que atravessa uma fase de mudanças sem precedentes. Nosso objetivo é aproveitar a herança excepcionalmente forte pela qual cada empresa se tornou conhecida para criar um fornecedor automotivo líder mundial, do qual nossos funcionários e clientes podem se orgulhar. Criar uma marca que seja conhecida em todo o mundo é um passo importante para reunir nossos recursos combinados e ampliar nosso impacto global”.




Petrobras lança óleo Lubrax Top Turbo PRO para motores diesel



A Petrobras lança o óleo lubrificante multiviscoso Lubrax Top Turbo PRO com a tecnologia API CK-4 para motores diesel. A novidade com viscosidade SAE 15W-40 atende os sistemas de controle de emissões que equipam os veículos rodoviários da frota nacional fabricados a partir de 2012, que seguem os requisitos do Proconve P7 (EURO 5), e para as máquinas agrícolas e de construção civil que seguem os requisitos do Proconve MAR1 (TIER 3). O novo óleo também já atende aos requisitos das tecnologias EURO 6 / TIER 4.

Segundo a fabricante, o Lubrax Top Turbo PRO atende ao nível de desempenho API CK-4 e supera os requisitos das especificações anteriores (API CJ-4, API CI-4 PLUS, API CI-4, API CH-4 e inferiores) e à atualização 2016 da Norma ACEA E9. Além disso, atende às normas de variados fabricantes de motores como: MB-Approval 228.31, Volvo VDS-4.5, Mack EO-S-4.5 (API CK-4), Renault RLD-4, Cummins 20086, Caterpillar ECF-3, Ford WSS-M2C171-F1 (API CK-4, Test), Detroit Diesel DFS 93K222 (API CK-4) e JASO DH-2-2015. O novo óleo é comercializado em frascos de 3 litros, bombona de 20 litros, tambor de 200 litros e a granel.




Mann+Hummel anuncia novo diretor de Vendas Aftermarket e Marketing Brasil

A Mann+Hummel Brasil, detentora das marcas Mann-Filter e Wix Filters, anuncia seu novo diretor de Vendas Aftermarket e Marketing, Fabio Moura. Ele será responsável pelos canais de vendas IAM Brasil e OES América do Sul. Moura é formado em Administração e Marketing e cursou pós-graduação pelo CEAG (FGV-EASP) em Administração com ênfase em Finanças. São mais de 20 anos de experiência no setor automotivo em empresas como Delphi, Valeo e Donaldson. O executivo já passou por áreas de veículos linha leve, comerciais, agricultura, mineração e construção.




Fernando Calmon | Água na fervura

Se o segmento de SUV compacto já estava aquecido, a chegada do primeiro modelo desse tipo fabricado no Brasil pela Volkswagen vai jogar água na fervura. O T-Cross teve pré-apresentação mundial à imprensa simultaneamente em São Paulo, Amsterdã (Holanda) e Xangai (China), semana passada, e será uma das grandes atrações do Salão do Automóvel paulistano de 8 a 18 de novembro.

Honda HR-V, Jeep Renegade, Hyundai Creta, Nissan Kicks, Ford EcoSport e Renault Captur são alguns dos concorrentes diretos, sem contar o modelo que a Fiat também vai lançar. Este trará arquitetura do Argo e está previsto, segundo fonte da Coluna, para dentro de um ano e meio. E ainda vem o novo Chevrolet Tracker, em 2020. O modelo da VW será lançado em abril de 2019, mas só em maio toda a rede de concessionárias estará bem abastecida.

O fenômeno SUV é global e um produto mais rentável para a indústria por ter maior porte. Jürgen Stackmann, vice-presidente mundial de vendas e marketing, veio ao Brasil e destacou esperar que, pela primeira vez, o Golf seja ultrapassado pelo Tiguan, como modelo de maior sucesso da marca no mundo, embora sem estimar um prazo. O presidente da VW do Brasil, Pablo Di Si, afirmou que a participação somada dos SUVs subiu de 9% para 23% em apenas sete anos. “Aqui a tendência é chegar a 30% em pouco tempo, como já acontece na Europa”, acrescentou.

O modelo brasileiro recebeu aperfeiçoamentos, executados em São Bernardo do Campo (SP), e adotados na versão chinesa. Espaço interno é maior por adotar o mesmo entre-eixos do sedã Virtus (2,65 m contra 2,56 m do T-Cross europeu, baseado no Polo). Também é 0,9 cm mais alto e largo, 8,5 cm mais comprido, além de mudanças estilísticas na frente e na traseira.

O interior apresenta modificações entre elas saídas de ar-condicionado para o banco traseiro que, por sua vez, não tem trilho corrediço como o europeu. A versão brasileira inclui estepe de uso temporário (T-Cross europeu não usa estepe). Aqui, o encosto do banco traseiro pode ser regulado para compensar, em parte, a perda de espaço no porta-malas (volume de 373 a 420 litros). Outros destaques: iluminação em LED na região dos pés, centro do console, painel e maçanetas. Há opção de sistema de som “Beats” e sete alto-falantes.

Oferecerá itens exclusivos no segmento, como quadro de instrumentos digital, seletor de perfil de condução, bloqueio eletrônico do diferencial, assistente de estacionamento 3.0, quatro entradas USB (duas para o banco traseiro). Pode vir com faróis de LED e teto solar panorâmico. Controle de estabilidade será de série.

T-Cross terá exclusivamente motores turboflex, de 1 litro (128 cv) e 1,4 litro (150 cv), de consumo contido e alto desempenho, além de câmbio automático de seis marchas. Motor aspirado de 1,6 litro, apenas para exportação.

Preço de referência deverá ser menor que o Honda HR-V, líder do segmento entre SUVs compactos. O motor 1-litro tem menor incidência de IPI e deve partir de R$ 85.000, chegando a R$ 105.000 (completo). Além desse modelo, a VW terá o SUV médio Tarek argentino (2020), um “aventureiro” derivado do Polo (2019) e o SUV grande americano Atlas (2020).

ALTA RODA

AINDA como conceito, VW apresentará no Salão do Automóvel de São Paulo (SASP) nova picape de porte maior que a Saveiro para enfrentar a Fiat Toro. Terá, como esta, construção monobloco (arquitetura MQB) e opção de tração 4×4. Novidade mundial no segmento será painel traseiro rebatível da cabine dupla para ampliar volume da caçamba. Estreia: 2019.

MAIOR destaque no recente AMG Performance Tour, no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), o Mercedes-Benz CLS 53 4MATIC+ combina linhas atraentes de um sedã-cupê à inigualável suavidade e sonoridade de um motor 6-cilindros em linha (3-L) que a marca traz de volta. São 435 cv e 53 kgfm. Tem tração integral e suspensão pneumática. Preço: R$ 599.900.

JAGUAR E-Pace passa sensação de robustez a toda prova ao partilhar arquitetura do Land Rover Evoque. Motor é igual, porém bem mais potente (300 cv x 240 cv). Mais pesado que o “brother”, porém com vão livre menor, demonstra agilidade surpreendente, sem perder muito no uso fora-de-estrada. Interior, bem acabado, destaca materiais de alta qualidade.

SEGUNDA geração do BMW X4 estreia no SASP com interessante atualização de linhas, motor de 2-L, 252 cv (7 cv a mais) e pacote tecnológico de peso para conectividade e assistência à condução. R$ 334.950 a R$ 421.950. Audi, por sua vez, faz contraponto com a espetacular station RS4 Avant, de 450 cv, aceleração 0 a 100 km/em 4,1 s. Para uma “tocada”, de fato, prazerosa.

NOVO diferencial autobloqueante da ZF lança mão de recursos digitais e atualizações de software (programa de controle) por meio de nuvem (internet). Sistema agora interliga-se aos freios do veículo para afinar a dinâmica de direção, tanto no uso fora de estrada quanto no asfalto. Escopo é estabelecer a melhor relação estabilidade-conforto possível.

____________________________________________________
fernando@calmon.jor.br e www.facebook.com/fernando.calmon2




Dunlop lança pneu SP Touring R1 para hatches e sedãs compactos



A Dunlop lança o pneu SP Touring R1 para hatches e sedãs compactos. Segundo a fabricante, o lançamento tem um cinturão têxtil que mantém a posição da cinta de aço no lugar em todas as condições de rodagem. Já as cintas de aço foram reforçadas, tornando o contato da banda de rodagem mais uniforme. A estrutura da carcaça é mais arredondada para se sair melhor nas oscilações do pavimento e os sulcos são mais largos, melhorando em 8% o escoamento de água em situações de aquaplanagem em relação ao seu antecessor.

Confira abaixo as medidas disponíveis e suas principais aplicações:

Aro 13
Medida:
165/70R13 79T
Aplicação: Uno, Gol, Celta, Corsa, Ka

Medida: 175/70R13 82T
Aplicação: Uno, Gol, Voyage, Clio, Prisma

Medida: 185/70R13 86T
Aplicação: Santana, Monza, Del Rey

Aro 14
Medida:
175/65R14 82T
Aplicação: Ka, Etios, Mobi, Argo, Palio, Fox, Uno

Medida: 175/70R14 88T
Aplicação: Gol, Up! Strada, Doblò, Montana, Palio, Saveiro

Medida: 185/65R14 86T
Aplicação: Voyage, Santana, Parati, Palio, Astra

Medida: 185/70R14 88T
Aplicação: Onix, Prisma, Vectra, Sandero, Logan

Aro 15
Medida:
175/65R15 84T
Aplicação: Honda Fit, Honda City, Palio




Cobreq lança nova pastilha de freio para Toyota Yaris



A Cobreq, marca da TMD Friction, lança a pastilha de freio N-1483 para as rodas dianteiras do Toyota Yaris, carrocerias hatch e sedan. Veja abaixo as especificações técnicas do lançamento:

Peça: Pastilha de freio
Eixo de instalação: Dianteiro
Marca-modelo: Yaris Hatch 1.3 XL, Yaris Hatch 1.5 XLS, Yaris Hatch 1.5 XS, Yaris Sedan 1.5 XL, Yaris Sedan 1.5 XLS e Yaris Sedan 1.5 XS.
Código Cobreq: N-1483




Arteb é fornecedora original do Etios 2019 e HB20 Unique



A Arteb é a fornecedora original da linha 2019 dos compactos Hyundai HB20 Unique e Toyota Etios. A fabricante fornece a lanterna escurecida para o modelo da marca de origem sul-coreana e faróis e lanternas para as versões hatch e sedã do Etios.

O compacto da Toyota traz faróis com máscara negra e lanterna traseira fumê, que foram reestilizados em comparação a linha 2018. Já o HB20 vem com os faróis dark, que usam a mesma tecnologia da máscara negra, com objetivo deixar o visual do carro mais esportivo.

Além desses modelos, a empresa também é responsável por produzir componentes de iluminação dos Volkswagen Polo (farol e lanterna) e Virtus (farol).




Conarem reformula site para facilitar consulta de informações sobre motores



O Conselho Nacional de Retíficas de Motores (Conarem) apresenta seu novo site com um banco de dados sobre motores que já passa das 2.750 referências de 203 fabricantes. O trabalho de atualização e inserção de informações continua, pois, a entidade possui banco de dados com mais de 4 mil motores. O endereço é www.conarem.com.br/informacoes-tecnicas

A grande novidade fica por conta do sistema de busca que pode ser feito pelo nome do fabricante. Ao digitar o nome da marca de veículos, aparecem todas as informações e referências de motores. O acesso ao banco de dados, no entanto, é restrito às empresas associadas ao Conarem e tem como objetivo facilitar o dia a dia dos serviços na retífica.

“A frota circulante diversificada com diferentes modelos e versões exige que o profissional consulte as informações e referências para encontrar a peça correta para aplicação e agora a consulta está muito fácil e rápida com o novo mecanismo de pesquisa do site”, explica o presidente do Conarem, José Arnaldo Laguna.

As empresas associadas podem participar de treinamentos gratuitos realizados pela entidade em parceria com fabricantes, além de uma série de serviços para ajudar na gestão. A Rede Nacional de Retíficas Conarem é nomeada como serviço autorizado da Cummins, Deutz, MWM, Kohler Lombardini, Perkins, Yanmar e MAN e FTP Industrial.




Novo International da Série MV recebe câmbio automático Allison



A fabricante de câmbios Allison Tranmission fornece a caixa de marchas automática para o novo caminhão International da Série MV. O veículo de porte médio contará com transmissões Allison, tendo como intuito maximizar a produtividade, o tempo de atividade e a economia de combustível. De acordo com a fabricante, os câmbios da Série 3000 dão flexibilidade operacional, controle e conforto para o motorista, além de confiabilidade.

“Somos parceiros de fornecedores de classe mundial, portanto, estamos entusiasmados em oferecer para os compradores dos novos modelos da Série MV uma transmissão Allison totalmente automática como equipamento padrão para todos os nossos motores”, comenta vice-presidente sênior de vendas e marketing da Navistar, Jeff Sass. A Navistar é a empresa fabricante do International Série MV. “Os clientes dependem dos nossos veículos comerciais para trabalhar e estamos orgulhosos de poder disponibilizar a eles as transmissões Allison, que são líderes de mercado e reconhecidas pelo seu desempenho e durabilidade” finaliza.




Raio X – Novo Polo: É mesmo um mini-Golf?

 

Com motor turbo e câmbio automático, novo Polo eleva o padrão dos compactos da Volkswagen

Texto: Gustavo de Sá
Foto: Lucas Porto

 

olo chegou no fim do ano passado ao mercado brasileiro com a premissa de ser uma alternativa mais sofisticada dentro da gama de hatches compactos da Volkswagen, formada até então por Gol, up! e Fox. Construção na plataforma modular MQB-A0 derivada do Golf, opção de motor turbo e câmbio automático convencional de seis marchas são algumas das inovações trazidas por ele. A aposta parece ter surtido efeito: em fevereiro, o Polo foi o quarto carro mais vendido do Brasil, com 4.942 unidades emplacadas.

 

Boa parte das vendas concentra-se nas versões com motor 200 TSI, de 128 cv (E)/116 cv (G) de potência e 20,4 kgfm de torque com ambos os combustíveis – há ainda as opções 1.0 (84 cv) e 1.6 (117 cv), ambos aspirados. A manutenção programada para todas as configurações do Polo é prevista para cada 10.000 km ou 12 meses (o que ocorrer primeiro).

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

Levamos a versão Comfortline 200 TSI para a avaliação das condições de reparabilidade por um mecânico. Ela parte de R$ 67.150 e traz, entre os principais itens de série, controles de tração e estabilidade, assistente de saída em rampas, central multimídia com tela sensível ao toque e controles de som no volante. A avaliação foi feita pelo profissional Roberto Montibeller, proprietário da oficina High Tech, em São Paulo/SP.

 

Ao abrir o capô, chamam a atenção os dois pontos de ancoragem da peça. “Esse cuidado traz mais segurança, pois permite dupla fixação”, afirma Roberto.

 

O motor três-cilindros proporciona bom espaço para manutenção no amplo cofre do Polo. “Para suprir o espaço e ajudar na fixação, há um suporte em alumínio no lugar onde estaria posicionado o quarto cilindro em um motor com esse tipo de construção”, explica o mecânico.

 

Para retirar a carcaça do filtro de ar, é necessário remover 9 parafusos com uma chave torx, além de um alicate para retirar o anel-trava. Neste motor 200 TSI, o filtro possui uma divisão em duas partes iguais.

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

“No geral, há fácil acesso a todas as peças do motor e bom espaço para trabalhar”, conta. Entretanto, um ponto que pode exigir atenção é a hora de trocar a lâmpada de facho baixo dos faróis dianteiros.

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

“O espaço é muito apertado e não permite o acesso para a retirada da lâmpada queimada”, conta Roberto. Para fazer a substituição, é necessário soltar os três parafusos de fixação do farol e desencaixar o conector de alimentação para trazer a peça para a frente.

 

Nas configurações com motor 200 TSI, o Polo vem de série com freios a disco nas quatro rodas (de 276 mm de diâmetro na dianteira e 230 mm na traseira). O hatch traz sistema de limpeza automática dos discos de freio, que permite estancar com mais eficiência em condições de chuva.

 

O dispositivo atua acima de 70 km/h quando o limpador de para-brisa está acionado e aproxima as pastilhas dos discos de freio dianteiros (de forma imperceptível para o motorista), com o objetivo de secar os componentes e garantir o menor espaço de frenagem possível.

 

ed-268-motor

 

“O sistema de freio dianteiro do Polo não tem segredo. O sangrador tem uma bitola maior e mais reforçada”, analisa Roberto.

 

Para substituição do amortecedor dianteiro, segundo o mecânico, é necessário soltar o parafuso da manga de eixo e retirar a capa protetora do limpador do para-brisa. Na traseira, é necessária a remoção da capa inferior do para-lama, além do revestimento interno do porta-malas.

 

Com o carro no elevador, Roberto elogiou a facilidade de acesso a componentes como os filtros de óleo e de combustível e aos bujões de dreno do óleo do motor e do fluído do câmbio automático. “Não é necessária nenhuma ferramenta específica para retirar ou substituir esses itens”, conta. Para ter acesso à correia Poly-V, é necessário retirar a capa protetora inferior do para-lama direito.

 

Outro ponto notado por Roberto é a maior quantidade de apliques aerodinâmicos (tecnicamente conhecidos como dans) sob a carroceria. Esses componentes, feitos de material plástico, contribuem para diminuir o coeficiente de arrasto aerodinâmico e, consequentemente, melhorar o consumo.

 

CUIDADOS COM O TURBO

 

Em relação aos cuidados com o motor turbo por parte dos motoristas, Roberto recomenda deixar o motor na marcha lenta por 1 minuto antes de desligar. “Isso ajuda no resfriamento do componente e, consequentemente, ajuda a aumentar a vida útil”, revela. Outro cuidado básico é, como em qualquer motor, utilizar somente o óleo lubrificante especificado pela fabricante no manual do proprietário. No caso do Polo, a recomendação é o VW 508.88 (viscosidade 5W40).

 

ed-268-motor

 

Ficha técnica

VW POLO COMFORTLINE 200 TSI
Motor
Posição: Dianteiro, transversal
Cilindros: 3 em linha
Válvulas: 12V
Taxa de compressão: 10,5:1
Injeção de combustível: direita
Potência: 128 (E) / 116 (G) a 5500 rpm
Torque: 20,4 (E/G) entre 2000 e 3500 rpm

 

Câmbio
Automático, 6 marchas

 

Freios
Dianteira: Disco ventilado
Traseiros: Disco sólido

 

Direção
Assistência Elétrica

 

Suspensões
Dianteira: Independente, McPherson
Traseira: Eixo de Torção

 

Rodas e Pneu
Rodas: Liga leve, 16 polegadas (opcionais)
Pneus:195/55 R16

 

Dimensões
Comprimento (mm):4057
Largura (mm):1751
Altura (mm):1468
Distância entre eixos (mm): 2.56

 

Capacidades
Porta-malas: 300 litros
Caçamba: 52 litros