Nissan firma parceria para desenvolvimento de soluções elétricas no Brasil



A Nissan, o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) e o Instituto de Tecnologia Aplicada e Inovação (ITAI) assinaram na última sexta-feira (8/02) um Memorando de Entendimento (MoU) para acelerar o desenvolvimento de soluções de mobilidade elétrica no Brasil.

A parceria deve promover o desenvolvimento nacional de carregadores bidirecionais para veículos elétricos. Segundo a fabricante japonesa, estes carregadores criam um novo ecossistema fazendo com que os carros funcionem como uma solução para compartilhamento de energia com a casa do consumidor, edifícios comerciais e a rede. Os pesquisadores utilizarão dois Nissan LEAF para estudar também o impacto desses carregamentos na rede elétrica.



O acordo foi assinado pelo presidente da Nissan do Brasil, Marco Silva, o diretor técnico do Parque Tecnológico de Itaipu, Claudio Osako, e o diretor do Instituto de Tecnologia Aplicada e Inovação, Rodrigo Bueno Otto. O projeto do PTI, no qual a Nissan se insere agora, teve início em 2017, com duração de 48 meses. Os estudos buscam o desenvolvimento de uma estação de carregamento veicular capaz de gerenciar o fluxo de energia através da carga e descarga dos dispositivos conectados. O sistema é chamado bidirecional porque trata o veículo elétrico não apenas como receptor da carga, mas como fonte de energia em eventuais cenários. A ideia é ter uma produção local desse tipo de carregador.