GT-OIL dá dicas para troca do óleo lubrificante



A GT-OIL dá dicas sobre cuidados na troca do óleo lubrificante. Segundo a empresa, a troca de óleo lubrificante é o serviço que gera muito movimento nas oficinas mecânicas e mantém o relacionamento do mecânico com o dono do carro. Por isso, o analista de qualidade da GT-OIL, Guilherme Ferreira, orienta que ao fazer a troca do óleo o ideal é que o motor esteja quente porque a viscosidade estará menor e o produto escoará mais rápido e com mais facilidade. “Assim, é possível retirar o óleo usado completamente até ficar esgotado, mas é preciso tomar cuidado para que o óleo quente não entre em contato com a pele do profissional e cause queimaduras”, alerta.

Outra recomendação importante é ficar atento às especificações de viscosidade e nível de desempenho do óleo que o fabricante do veículo orienta no manual da fabricante. As especificações de viscosidade são caracterizadas pela norma SAE e sempre são identificadas no formato “X”, “W”,”Y”, onde “X” e “Y” são números, por exemplo: 5W30, 5W40, 15W40, etc.

Já as especificações de desempenho são caracterizadas por normas como API, ACEA, ILSAC, entre outras, incluindo as que são elaboradas pelas montadoras. Com relação à armazenagem do produto, a recomendação é mantê-lo sempre na embalagem original.