Transmissão – Cabos de Transmissão no Volkswagen Delivery 6.160

 

Veja como fazer a substituição correta do cabo de acionamento da transmissão no caminhão leve da Volkswagen

por Fernando Lalli fotos Lucas Porto

Trocas de marcha “borrachudas” e dificuldade no engate são dois dos problemas que cabos de acionamento defeituosos podem trazer ao veículo. “A identificação de um possível problema em um cabo de transmissão normalmente depende do ‘feeling’ que o motorista tem ao fazer a troca das marchas”, aponta Felipe Bolognesi, responsável da Eaton pelo desenvolvimento de produtos para o aftermarket.

O especialista aponta que, para o mecânico identificar se o problema realmente está nos cabos de comando, o teste recomendado é simples: com a alavanca em ponto morto, desconecte os cabos da transmissão e faça o engate das marchas. Não precisa ir além das 3ª e 4ª marchas. “Se com o cabo desconectado o engate ocorre de forma normal, possivelmente o problema está ligado ao cabo de acionamento”, comenta Felipe.

“Mas, se houver dificuldade de engate mesmo com o cabo desconectado, então o problema pode estar na transmissão ou até mesmo na embreagem”.

 

Confira a seguir o procedimento de troca dos cabos de acionamento de transmissão em um caminhão Volkswagen Delivery 6.160, com a supervisão de Felipe, na unidade da Eaton em Valinhos/SP. Ele ressalta que os cabos da marca, utilizados no procedimento, não podem ser torcidos, dobrados ou lubrificados. Ele cita os cuidados com os produtos no decorrer do procedimento.

 

 

DESMONTAGEM DOS CABOS DE TRANSMISSÃO

 

1) Solte o console de acabamento central da cabine. Comece pelos dois parafusos torx 30 localizados atrás do porta-copos.

1

 

2) Desloque o acabamento do console e solte outros dois parafusos torx 30 embutidos abaixo do acoplamento da manopla de câmbio.

2

 

3) Após retirar os quatro parafusos, erga o console para ter acesso aos cabos de acionamento da transmissão.

3

 

4) Obs: Jamais utilize chave de fenda para deslocar os cabos de seus pinos esféricos de conexão. Forçá-los dessa forma pode causar deformação e, consequentemente, os inutilizar.

4

 

5) Com a cabine do caminhão basculada, rompa as duas primeiras presilhas no suporte para permitir a remoção dos cabos de dentro da cabine por baixo.

5

 

6) São 16 presilhas ao todo que prendem os cabos de comando. Rompa todas as presilhas, marcando os pontos onde estas estavam localizadas. Faça a operação de acordo com o roteiro, da cabine até o câmbio.

6

 

7) Solte, primeiro na transmissão, o terminal do pino esférico com uma chave de boca. Depois, com um alicate bico, retire a trava metálica de posicionamento. Repita no outro cabo. Na sequência, remova-os do caminhão.

Utilize uma chave de boca para soltar o terminal de cada cabo de seu respectivo pino esférico. Em seguida, utilize um alicate de bico para soltar as travas do suporte dos cabos.

7

 

Obs: Assim como na cabine, não faça nenhum tipo de alavanca para desconectar o terminal de comando do pino esférico. Isso pode deformar o cabo e/ou danificar seu mecanismo de funcionamento (7b).

7b

 

MONTAGEM DO CABO DE COMANDO

 

8) Não é necessário aplicar qualquer tipo de lubrificante na conexão antes de instalar a peça nova. O especialista da Eaton aponta que seu componente já é vendido com a lubrificação necessária no terminal para o uso no caminhão.

8

 

9) Antes de proceder com a montagem, identifique qual cabo é o de seleção, qual cabo é de engate e onde cada extremidade deve apontar. Para diferenciar os cabos, a Eaton identifica qual é o cabo de engate com uma etiqueta amarela (9a). Tanto o cabo de engate quanto o cabo de seleção devem ter suas extremidades menores na cabine e as maiores, no trambulador no câmbio (9b). Outra forma de identificar o lado correto das extremidades é a gravação do código da peça, que em ambos os cabos deve estar voltado para o trambulador (9c).

9a
9b
9c

 

 

10) Já para saber qual é o lado correto na instalação de cada cabo, olhando a cabine basculada por baixo, o cabo de engate fica à esquerda (10a). Instale-o primeiro, começando pela conexão na transmissão, depois passando-o pelo roteiro e depois posicionando-o à esquerda na passagem para a alavanca na cabine. Repita o procedimento com o cabo de seleção (10b).

10a
10b

 

11) Neste sistema, após uma instalação correta e bem sucedida, a Eaton afirma que os cabos não devem precisar de ajuste. Mas, em caso de desalinhamento, posicione a alavanca de câmbio em neutro e gire o terminal do cabo no lado do câmbio até que fique perfeitamente alinhado com a conexão do trambulador.

11

 

12) Fixe de volta os quatro parafusos do console. Para comprovar o sucesso do procedimento, teste o engate de todas 11 as marchas com o veículo parado e, depois, em rodagem.

 

Mais informações

Eaton: 0800-170551