Entrevista

Confiança em primeiro lugar

 

ed-272-entrevista

 

Especialista na produção de filtros e sistemas de filtragem, a Mann+Hummel, desde agosto de 2016 é detentora da marca Wix Filtros. Ambas oferecem seus produtos no mercado de reposição. O setor de aftermarket tem na direção Pedro Geraldo Ortolan. O executivo está na empresa há 14 anos. Iniciou em 2003 como consultor de vendas. Além do mercado independente atende a reposição das montadoras dentro das concessionárias. Ele esteve na redação da Revista O Mecânico e concedeu entrevista exclusiva, na qual fala sobre as condições da empresa agora com duas marcas, situação do mercado e qual a importância do mecânico independente e a confiança que este profissional credita à marca.

 

Revista O Mecânico: Quanto representa o aftermarket para os negócios da Mann Filter?

Pedro Geraldo Ortolan: As vendas do aftermarket são importantes para os negócios da empresa no Brasil. Somando as marcas Mann e Wix, elas representam em torno de 60% do nosso faturamento.

 

O Mecânico: Como você avalia o atual mercado brasileiro de reposição?

Ortolan: Como todo o mercado, nos últimos dois anos ele sofre as consequências da crise que o país vive. Apesar disso, o segmento de autopeças tem performance melhor que a de outros segmentos. É um mercado muito bom e atraente, principalmente no segmento de filtros, já que o período de troca é relativamente curto se comparado a outros componentes. Com a aquisição global que fizemos da Wix, a Mann+Hummel passou a ser a maior produtora de sistemas de filtragem do mundo e fabricamos todos os tipos de filtros (ar/óleo/combustível/cabine) e também de alguns filtros específicos (ureia/freios de pesados), esta variedade proporciona sermos muito competitivos na reposição.

 

O Mecânico: O desenvolvimento de novos produtos ocorre por iniciativa da empresa, ou por solicitação da fabricante do veículo?

Ortolan: Nós trabalhamos nas duas frentes. A Mann é uma empresa muito presente no desenvolvimento de todo o sistema de filtragem, não só o elemento que vendemos na reposição. Isso ocorre para atender as necessidades do motor e até para atender o espaço físico do compartimento, e nos dias de hoje é um grande desafio, pois, diminuem o tamanho dos motores. E também temos situações que desenvolvemos para o mercado de reposição e depois levamos para a montadora. Um exemplo recente é a família multifiltros de óleo lubrificantes. Nós desenvolvemos cinco filtros que atendem 25 aplicações na reposição. Entre outras vantagens, proporciona redução de espaço ao armazenar. Em alguns casos atende curva C e A de vendas. Depois de lançado conseguimos vender estes filtros para a Fiat e Volkswagen aqui no Brasil.

 

“…A Mann é uma empresa muito presente no desenvolvimento de todo o sistema de filtragem, não só o elemento que vendemos na reposição…”

 

O Mecânico: A Mann+Hummel está presente em quantos países do mundo?

Ortolan: Nós somos uma empresa global presente nos cinco continente. São mais de 70 unidades espalhadas pelo mundo. No Brasil são três fábricas que exportam para a América do Sul, também exportamos para a Alemanha e outras unidades da empresa.

 

O Mecânico: A atual situação econômica do Brasil fez a empresa concentrar esforços nas exportações?

Ortolan: Não. Nós focamos o mercado nacional. Apesar da crise o mercado brasileiro é amplo tem muito espaço para expandir. Nós acreditamos que temos muitas oportunidades no mercado local para atingir nossos objetivos de vendas.

 

O Mecânico: Em média, quantos produtos a empresa lança por ano?

Ortolan: No ano passado fizemos a aquisição da Wix. Neste caso especifico fizemos o relançamento da marca. Não só alteramos o visual das embalagens, mas também remodelamos toda a linha, assim, lançamos em torno de 150 novos itens. Para a marca Mann lançamos em março deste ano 70 itens na reposição. São produtos para atender a linha de veículos importados, que o mercado está carente na reposição, incluem filtros de óleo, ar, cabine e combustível. Nós temos como objetivo ter cobertura acima de 95% com a marca Mann. Quando acontece o lançamento de um veículo, nós trabalhamos para colocar o filtro deste modelo no mercado de reposição independente no período entre seis meses, no máximo em um ano, e assim ser competitivo.

 

O Mecânico: Como ficou dividido o sistema de negócios com aquisição da marca Wix? Ela oferta produtos concorrentes da Mann?

Ortolan: A Mann é a marca Premium, os produtos atendem as especificações das montadoras. O consumidor que quer um produto idêntico ao fornecido para a fabricante do veículo encontra com a marca Mann. O produto Wix é voltado ao mercado de reposição, ao consumidor que quer um produto de qualidade com preço competitivo.

 

“Para a marca Mann lançamos em março deste ano 70 itens na reposição. São produtos para atender a linha de veículos importados, que o mercado está carente na reposição…”

 

ed-272-entrevista

 

O Mecânico: Quais as novidades que a empresa prepara para a Automec?

Ortolan: Na Automec vamos mostrar a tecnologia. Aparentemente, o filtro é um produto simples, poucas pessoas imaginam a tecnologia presente em um filtro. Assim vamos mostrar ao público todas essas tecnologias e inovações utilizadas na fabricação dos produtos e a diferença entre os concorrentes.

 

O Mecânico: A Mann+Hummel é fornecedora das principais montadoras, presente em vários países. Em uma empresa deste porte, qual a importância do mecânico independente para os negócios?
Ortolan: É um profissional fundamental para a consolidação de qualquer marca no mercado independente. O mecânico é que homologa nossa marca no mercado de reposição e auxilia na construção da marca. As fábricas têm a responsabilidade de levar informação para o mecânico, porque ele tem poder total de validação do produto no mercado de reposição.

 

O Mecânico: Quais ações a empresa promove para os mecânicos?

Ortolan: Nós temos uma equipe de vendas com a formação técnica capacitada a dar treinamento para os mecânicos e também aos balconistas, os principais vendedores dos nossos produtos. Eles atuam em todo o País e nossa ideia é estar presente o mais próximo possível do nosso consumidor, que é o mecânico, já que ele aplica os nossos produtos. Os treinamentos são feitos de maneira separada para a marca Mann e marca Wix.

 

O Mecânico: Nos treinamentos é possível identificar quais são as principais dúvidas que o mecânico tem?

Ortolan: Geralmente as dúvidas surgem no que diz respeito a aplicação, também aproveitamos para difundir as principais diferenças entre os nossos produtos e dos concorrentes.

 

ed-272-entrevista

 

“O mecânico é que homologa nossa marca no mercado de reposição e auxilia na construção da marca”

 

O Mecânico: Neste ano a empresa irá ampliar a programação de treinamentos?

Ortolan: Nossa previsão é de ampliar o foco nas palestras, porque acredito que o usuário dos nossos produtos tem que estar atualizado. E uma empresa que quer crescer no aftermarket tem que se comunicar com seu consumidor. E para nós o mecânico é de fundamental importância nesse processo.

 

O Mecânico: Num mercado tão competitivo, qual a mensagem que a Mann+Hummel deixa para o mecânico?

Ortolan: Nós esperamos que o mecânico procure ficar atento, busque conhecimento, informações para se desenvolver na profissão. Quero também agradecer aos mecânicos de todo o Brasil por utilizar nossos produtos, pois nós estamos satisfeitos com o retorno que temos em nossos treinamentos. Estamos satisfeitos com a confiança que o mecânico tem na nossa marca.