Brasil impulsiona alta em vendas da Volkswagen na América do Sul



Durante o último mês de fevereiro, a Volkswagen registrou seu maior crescimento de vendas na América do Sul. Em comparação com todas as outras áreas do mundo, o Brasil se destacou em especial, vendendo 24.200 unidades no mês, representando um crescimento de 143,3%.

Segundo a empresa, a região da América do Sul manteve sua trajetória de crescimento em fevereiro, após leve queda no mês de janeiro. Em toda a região, foram vendidos 32.300 veículos no período, uma alta de 45,6% em relação ao mesmo mês do ano passado. este crescimento deve-se exclusivamente ao Brasil, o maior mercado da região.

Para a fabricante, a razão para a alta expressiva na região foi a mudança para um novo método interno para registro das vendas. Na Argentina, a queda do mercado continua como resultado da situação econômica, e as vendas da marca Volkswagen também foram afetadas: queda de 46,9% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Em todo o mundo, a fabricante vendeu 398.100 unidades no segundo mês de 2019, uma queda de 2,2% em comparação com fevereiro de 2018. A marca entregou mais carros na Alemanha (+3,3%), Europa (+1,8%) e América do Sul (+45,6%). Quedas nas vendas também foram registradas, porém, na América do Norte (-4,2%) e na China (-8,8%).